Edenilson voltou e comprometeu

Edenilson saiu expulso no segundo tempo. Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional

Edenilson tinha tudo para ser o personagem do jogo do Inter contra o Palmeiras em São Paulo. E foi. Só que o volante, que recém voltou da Seleção Brasileira para defender o Inter, no Estádio Allianz Parque em São Paulo, acabou comprometendo. O jogo estava equilibrado até o jogador ser expulso no início do segundo tempo por reclamação. Foi logo após marcação de pênalti claro de Cuesta, que colocou a bola na mão dentro da área. Foi a origem do único gol do Palmeiras, marcado por Raphael Veiga. Com a derrota, o Inter desperdiçou a chance de ingressar no G6 do Brasileiro e tem um confronto direto contra o Corinthians, no Beira-Rio, no próximo domingo. O Palmeiras votou a vencer após 7 jogos de jejum e encara o Sport no próximo sábado em casa.

Formação de Palmeiras x Internacional no início do jogo

No primeiro tempo, o jogo foi equilibrado. O Palmeiras teve uma leve vantagem pelo lado esquerdo com Dudu e a melhor chance de gol numa bola na trave em chute de Marcos Rocha. Yuri Alberto chutou uma bola que parou na defesa de Wevewrton. O empate sem gols se justificou, apesar dos dois times terem criado chances.

O Inter não sentiu falta de Bruno Mendez por Mercado, nem Lindoso por Johnny , tampouco Danie, que acabou ficando de fora para a entrada de Marcelo Lomba.

Mantido o esquema e reforçado com a volta do Edenílson, o Inter fazia um jogo de ótimo enfrentamento com o Palmeiras. Mas logo no começo do segundo tempo, Roni chutou pela esquerda e a bola bateu no braço aberto de Cuesta. Pênalti. Edenilson se precipitou na reclamação e foi expulso. Raphael Veiga chutou forte e alto no ângulo direito de Lomba que só viu a bola entrar, 1 a 0.

Formação final de Palmeiras 1 x 0 Internacional

Diego Aguirre tirou Taison para tentar dar maior velocidade ao meio do Inter com um a menos. Logo vieram mais mudanças nos dois times. No Inter, Heitor entrou no lugar de Saravia, Zé Gabriel na vaga de Johnny e Palácios para saída de Patrick. No Palmeiras, saíram Dudu, Luis Adriano e Raphael Veiga para entrada de Scarpa, Bruno Lopes e Deyverson. O Inter até que foi bravo com um a menos e tentou buscar o empate. O Palmeiras não soube aproveitar a vantagem e ainda colocou Dayverson e Danilo Barbosa, mas garantiu a vitória.