top of page

SAMPAOLISMO: A CHAVE PARA O SUCESSO OU FRACASSO DO FLAMENGO?

O Sampaolismo é um termo que pode definir o estilo de jogo desenvolvida pelo técnico de futebol argentino, Jorge Sampaoli. O modelo se caracteriza pela ousadia e criatividade, pela busca incessante pelo gol e pela variação tática durante o jogo. O Sampaolismo é, portanto, uma forma de jogar que procura sempre inventar, criar algo diferente, arriscado e muitas vezes é incompreendido. Foi ele o primeiro técnico da história do Brasileirão a mudar 5 jogadores, em todos os setores, no intervalo do jogo entre Bahia e Flamengo neste final de semana. Sampaoli alegou problemas físicos na entrevista coletiva pós-jogo.

O Flamengo vencia por 3 a 1, sofreu um gol e mesmo com o Bahia com dois jogadores expulsos, não ampliou a vantagem e não seria surpresa se tivesse sofrido o empate. Foi uma vitória que gerou mais dúvidas que certezas de onde o Flamengo pode chegar. Embora seja um estilo que já rendeu ótimos trabalhos em equipes como a Universidad de Chile e a seleção chilena, o Sampaolismo também é capaz de gerar desconfiança e instabilidade no time. O técnico tem a tendência de fazer muitas alterações na escalação, o que gera uma falta de entrosamento entre os jogadores e sempre com uma defesa vulnerável.

Além disso, o Sampaolismo também é marcado por um comportamento imprevisível do treinador, que muitas vezes parece oscilar entre a genialidade e a excentricidade. Sampaoli tem uma personalidade forte e uma maneira de se comunicar que pode gerar tensão com os jogadores, como aconteceu na seleção argentina durante a Copa do Mundo de 2018, quando perdeu o controle do grupo. Tudo porque ele cobra uma alta intensidade que muitas vezes dá resultado, mas nem sempre consegue executar aquilo que defende como proposta de jogo.

Os números de Sampaoli apresentam altos e baixos em sua carreira como técnico de futebol. Seu aproveitamento varia de 20,83% a 68,18%, dependendo do clube ou seleção que dirigiu. O maior destaque foi a Universidad de Chile, onde teve um aproveitamento de 67,9%. Mesmo com bom aproveitamento Atlético Mineiro e algumas respostas positivas no Santos com pontos positivos e negativos onde passou como nos trabalhos mais recentes no Olympique e Sevilla. O Flamengo aposta num técnico diferente. Diferente vencedor ou diferente perdedor? Só o tempo dirá. Por hora, é impossível prever qual será o resultado do Sampaolismo.


コメント


bottom of page