Um lutador brasileiro em Taipei

Atualizado: Mar 29

Michael William abre a nova temporada de entrevistas do Cacocast


A nova temporada do meu podcast, em 2021, o Cacocast, vai apresentar uma série de entrevistas sobre como as pessoas estão se superando e se reinventando no chamado novo normal. Minha ideia foi não ter limites geográficos nem de perfil dos personagens escolhidos. Estou garimpando entrevistados ao redor do mundo e por diversos caminhos.


Michael William vive em Taipei, no Taiwan.

Foi assim que conheci o Michael William, 30 anos, na nova rede social Club House, uma plataforma de áudio que conecta as pessoas ao vivo dentro de uma sala de bate-papo. Lutador e instrutor de lutas de MMA, Michael é um vencedor no esporte e na vida e traz sua experiência atual em Taipei, no Taiwan, onde trabalha. "Aqui é o país mais seguro do mundo no combate à Covid-19, inclusive tem um ministério exclusivo para a panemia", salienta.

Saiba mais ouvindo Cacocast.






O sucesso no presente, longe do Brasil, não reflete a dimensão das dificuldades que Michael teve que superar. É como se cada período da vida dele fosse um round de uma luta permanente pelo sucesso profissional. Mas quem imagina que Michael sonhava em ostentar bens materiais como troféus, se engana. "Hoje, consigo ajudar a minha família, fazer uma reforma na casa da minha mãe, quero casar e ter filhos", planeja. Pretende, estar neste mês de março de 2021 no Brasil para rever a família e a namorada Bruna com quem pretende voltar casado para cumprir seu contrato no Taipei até 2024 e que poderá ser renovado.

Prêmio de US$ 10 mil: Campeão do Grand Prix absoluto em Taiwan finalizando todas lutas.

Desde os 13 anos de idade, Michael prometeu à família que iria ganhar bem como atleta para retribuir tudo que os pais fizeram por ele. Chegou a deixar de ser nadador onde ia bem para evitar maiores despesas em casa. (Na 1ª foto da galeria que segue, exibe as primeiras medalhas da piscina) Mas era um esporte caro. E foi através de um projeto social que se revelou um talento do jiu-jitsu que abriu as portas para o MMA. Conhecendo e se espelhando em atletas como José Aldo, Minotauro e Anderson Silva, não se esquece de citar seus mestres Daigo Rodrigues, Luiz Barboza “ o Durinho”, e o atual Guilherme Santos, responsáveis pelas vitórias que teve lutando ou como também como instrutor.

Nascido em São Paulo e criado em Fortaleza, Michael nunca se esquece da primeira oportunidade que teve de morar fora do Brasil. Antes de viver em Taipei, morou na Croácia, onde começou a levar adiante seu plano de viver fora do Brasil. Não foi nada fácil. Uma lesão no ombro quase fez com que o atleta desistisse de tudo, mas foi quando decidiu estudar inglês e educação física para se preparar melhor.

A entrevista completa do Michael William você confere no primeiro episódio da temporada 2021 do meu podcast, o CacoCast. Não perca!

Sugestão de entrevista, pauta, dúvidas, comentários?

Contate via WhatsApp.


Acompanhe o Mapa Mundi com a localização dos Entrevistados do CacoCast




116 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo