top of page

POR QUE O HULK FOI EXPULSO?

Até agora não entendi a expulsão do atacante Hulk no jogo contra o Palmeiras que acabou prejudicando o Atlético-MG que foi goleado por 4 a 0 no Campeonato Brasileiro. A expulsão não justifica o resultado, embora o Galo tenha até criado algumas situações de gol sem seu principal jogador. Imagino que com ele seria outro jogo. Mas o que não tem justificativa é o vermelho do Hulk, aplicado pelo árbitro Rodrigo José Pereira de Lima. O lance é uma falta a favor do Galo. Hulk reclama do árbitro para apitar logo o lance e recebe o amarelo. O jogador do Galo exagera na reclamação e segue reclamando até receber um segundo amarelo. Depois, o jogador erra ao apontar o dedo na cara do juiz e deve ser julgado por isso. Só que nada disso teria acontecido se realmente o árbitro fosse ágil e apitasse logo a cobrança da falta a favor do time mineiro. E ainda tem uma falta do Zé Rafael sobre o Hulk num lance que o juiz deixou seguir, nem amarelo para o jogador do Palmeiras, nem falta para o Galo? Mais que isso: Por que o VAR não chamou nesta falta. Revejam se não cabia uma revisão para um vermelho para um jogador do Palmeiras.

Nada, porém, explica o oportunismo do dono do Botafogo, John Textor, que aproveita o episódio para bater de novo de que que o Palmeiras é beneficiado. É incrível ver um empresário de um novo modelo de gestão tendo uma atitude do velho futebol de tentar condicionar a arbitragem. A gente já viu o ex-presidente do Internacional apresentando um DVD com lances a favor do Corinthians e contra o Inter que não deram em nada. A má fé de um juiz e um esquema para beneficiar A ou B precisam de denúncias com provas que não sejam vídeos de lances interpretativos. É caso de polícia. Não é o caso do jogo na Arena MRV. O episódio da arbitragem com Hulk foi pura incompetência do juiz que não soube controlar um jogo sem distribuir cartões. A CBF precisa ficar atenta ao critério dos árbitros. A expulsão do atacante do Galo abriu um precedente de que agora quem reclamar duas vezes receberá dois amarelos e, por consequência, o vermelho. Será? Duvido. Está registrado na súmula pelo juiz de que a justificativa foi uma reclamação acintosa quando Hulk disse : "Me diz o porquê do cartão". Depois de ser expulso o jogador errou ao chamar o juiz, segundo o próprio árbitro, de "filho da p*". O Galo agora fica sem Hulk e sem Paulinho, também expulso no final, para o próximo jogo. É complicado ter que destacar um fato polêmico de um grande duelo onde o lance a ser destacado foi o golaço do garoto Estevão. #FuteboloNoBrasil #ExpulsãodeJogadores #CampeonatoBrasileiro #Atlético-MG #Palmeiras, #Hulk #JoãoTextor #Botafogo #VAR

Comments


bottom of page